maio 15, 2012

Avenged Sevenfold



A7X

Bom decidir falar um pouco dessa banda, pelo motivo de minha irmã Agatha ser fã, e gostar muito deles, e por as musicas deles ser lindas...recomendo 
O Avenged Sevenfold foi formado em Huntington Beach, Califórnia, em 1999.
O nome da banda foi retirado do livro Genesis, na Bíblia, onde Cain é sentenciado a viver no exílio, por ter matado seu irmão. Deus o marcou para que ninguém pudesse matá-lo devido ao seu pecado, assim o homem que se atrevesse a tentar seria vingado sete vezes. O título da música ‘Chapter Four’ refere-se ao quarto capítulo do mesmo livro, que conta a história de Abel e Cain, parecendo também falar sobre essa história. ‘Beast and Harlot’ é outro som derivado da Bíblia: vem do livro da Revelação que é escrito em primeira pessoa e se refere à punição da Grande Babilônia, império mundial e centro de falsas religiões. ‘The Wicked End’ tem outra referência, na música é dito diversas vezes: “dust the apple off, savor each bite, and deep inside you know Adam was right.” (Tire o pó da maçã, saboreie cada mordida e, bem no fundo, você sabe que Adão tinha razão), onde se refere à Eva ter comido o fruto proibido. Apesar no nome da banda e o nome dos integrantes também fazerem referências a termos bíblicos, Shadows disse em uma entrevista que eles não são uma banda religiosa. “Qualquer um que lê as letras e sabe algumas coisas sobre nós, sabe também que nós não promovemos nem a Deus, nem ao Diabo.” A banda também fala sobre política em algumas letras, como ‘Critical Acclaim’,‘Blinded In Chains’ e ‘M.I.A’.
O A7X muitas vezes é caracterizado como uma banda de metal ou Hard Rock, mas suas músicas apresentam vários gêneros juntos, como por exemplo, no álbum ‘Avenged Sevenfold’. O álbum ‘Sounding The Seventh Trumpet’ consiste no metalcore, mas na música ‘Streets’, pode-se notar uma sonoridade puxada para o Punk Rock. Em ‘Avenged Sevenfold’ notam-se estilos variados, encontrados principalmente na música ‘Dear God’ e em ‘Gunslinger’, uma pitada de country, e na música ‘A Little Piece of Heaven’, que inclui elementos teatrais, incluindo orquestras e outros instrumentos pouco usados no rock. A banda não se restringe a um estilo em particular, mas, no entanto, eles mudaram consideravelmente desde seu primeiro álbum, considerado bem pesado.
Seu primeiro álbum, ‘Sounding The Seventh Trumpet’, foi originalmente lançado pela gravadora Good Life Recordings. Quando o guitarrista Synyster Gates entrou na banda, a faixa ‘To End The Rapture’ foi regravada com ele tocando, e o cd foi re-lançado pela Hopeless Records.
O álbum seguinte, ‘Waking The Fallen’, lançado em 2003, também pela Hopeless Records, teve um bom reconhecimento na crítica, pela revista Rolling Stones, sendo considerado um dos melhores álbuns de metalcore da história.
Em 2004, eles assinaram com a Warner Bros Records e lançaram, em 2005, o álbum ‘City of Evil’, que contém sucessos como “Beast and Harlot”, “Bat Country” e “Seize the Day”.
No ano seguinte, 2006, eles passaram pela primeira turnê mundial. Tocaram também o Metallica, na Alemanha, e participaram de diversas Warped Tour e do Ozzfest.
Em 2007 eles lançaram o DVD “All Excess”, que contém clipes, documentários, entrevistas e até trechos de shows.
Em 30 de outubro de 2007, o álbum ‘Avenged Sevenfold’ foi lançado, com 156 minutos de duração. Um álbum que segundo a banda, não é como ‘Waking the Fallen – Parte II’ ou ‘City of Evil, o Retorno’. É um álbum diferente, que poderia tanto agradar aos antigos fãs quanto conquistar milhares de outros pelo mundo.
Em 2008, a banda participou da turnê “Taste of Chaos”, junto com as bandas Bullet for My Valentine e Atreyu. Fizeram sua passagem “histórica” pelo Brasil, onde tocaram somente em São Paulo, no Citybank Hall, trazendo 3 mil pessoas de todo o país para assisti-los.

O A7X também tocou na Inglaterra com a banda Iron Maiden na turnê “Gods of Metal”.

Em 16 de setembro de 2008, a banda lançou seu mais novo trabalho, o CD/DVD ‘Live In The LBC Diamonds in the Rough.’

INTEGRANTES

Matt Shadows

M. Shadows:
Nascido Matthew Charles Sanders, em 31 de Julho de 1981, filho de Gary e Kim Sanders. Ele tem uma irmã mais nova chamada Amy. É o vocalista da banda.

Shadows usava piercing no lábio inferior e alargadores nas duas orelhas. Ele e Valary DiBenedetto estão oficialmente noivos desde Agosto/Outubro de 2007. O casal está junto desde a sexta série.

Frase épica: “Meu apelido é Hot Stud, o do Syn é Hot Buffy Sex Dude!”
Antes de fundar o Avenged Sevenfold, ele integrava uma banda chamada “Successful Failure”, junto com Zacky Vengeance. Enquanto estava na banda, Shadows escreveu a música “Streets” que, mais tarde, foi gravada pelo A7X e está no primeiro disco deles, “Sounding the Seventh Trumpet”. Matt apóia abertamente as forças armadas e o exército norte americano, sendo que muitos de seus amigos estão atualmente atuando a serviço dos Estados Unidos. A música “M.I.A.” foi escrita como um tributo a esses amigos.
Seu apelido relembra seus “dias negros” na escola, daí o nome “Shadows” (Sombras). Ele também quis manter seu nome verdadeiro mas, como não gostava da maneira como “Matt Shadows” soava, ele transformou o Matt em M. e, a partir de então, passou a ser M. Shadows. Algumas de suas influências musicais são: Guns N’ Roses, Metallica, Megadeth e Pantera.

Synyster Gates

Synyster Gates:
Nascido com o nome de Brian Elwin Haner Jr., em 7 de Julho de 1981, filho de Brian Haner and Jan Gera. Seus pais biológicos se separaram e ambos casaram-se novamente. Sua madrasta, chama-se Suzy Haner. Ele tem um irmão, Brent, um meio irmão Johnny Gera e uma meia-irmã, McKenna. É guitarrista solo e backing vocal da banda.

Synyster tem piercings nas duas orelhas, já que tirou o do nariz. Ele namora Michelle, a irmã mais velha de Valary DiBenedetto, há mais de três anos. Além da banda, ele tem uma linha de vestuário chamada Syn Gates Clothing.

Frase épica: “É assim que se faz xixi sem ser notado!”
Quando adolescente, Synyster freqüentou a Ocean View High School em Huntington Beach e a Mayfair High School em Lakewood. Ele fez parte do programa GIT do Musicians Institute em Hollywood, onde estudou “jazz guitar”. Seu pai, Brian Haner, também é músico, e ensinou muito do que ele sabe.
Synyster entrou para o Avenged Sevenfold com 18 anos, no final de 1999, pouco antes da banda gravar seu primeiro álbum “Sounding the Seventh Trumpet”. Ele tocou piano nas músicas “Beast and the Harlot” e “Sidewinder” do CD “City of Evil”. Seu apelido surgiu no meio de um passeio de carro com o baterista The Rev. Eles estavam bêbados e, do nada, Brian disse: “I am Synyster Gates and I am fucking awesome!” (eu sou Synyster Gates e sou muito foda!).
Ele e The Rev mantêm um projeto paralelo chamado Pinkly Smooth, que segue um estilo completamente experimental. Entre suas muitas influências musicais estão: John Petrucci, Django Reinhardt, Adam Aparicio, Dimebag Darrell, Slash e Roddy.

Zacky Vengeance

 Zacky Vengeance:
Nascido Zachary James Baker, em 11 de Dezembro de 1981, filho de Jim e Maria Baker. Ele tem um irmão mais novo, Matt e uma irmã mais velha chamada Zina. Seu irmão também tem uma banda, chamada “The Dear and the Departed”. Ele é o guitarrista base e faz os backing vocals para a A7X. Ele tem piercings no sépto, lábio inferior e nas duas orelhas. Atualmente, Zacky está namorando Gena Paulhus. Eles se conheceram porque ela é cabeleireira. Além da banda, ele mantém uma linha de vestuário chamada “Vengeance University”.
Frase épica: “Às vezes eu queria ter visão de raio X, só pra checar a bagagem do Syn.”
Antes de tocar para o Avenged Sevenfold, Zacky fazia parte da banda “punk” MPA – sigla de “Mad Porno Action”. Ele se deu conta de que a banda não daria certo e foi preso depois de um show por, supostamente, “roubar todos os microfones”. Ele e M. Shadows fundaram o A7X. Seu apelido, Zacky Vengeance, mostra apenas que ele tem ressentimentos contra as pessoas que duvidaram do seu sucesso (Parece que ele mostrou pra eles!). Foi ele quem teve a idéia para a sigla da banda “A7X”. A primeira guitarra que ele aprendeu a tocar pertencia ao seu pai e era, na verdade, feita para destros e ele a usava invertida, já que é canhoto. Ele toca desde os 13anos de idade e aprendeu sozinho.
Ele diz que é influenciado por diversas bandas. “Eu amo as ‘heavy bands’. Adoro Danny Elfman e Elvis Costello. Estão em todo lugar! Acho que essa é a melhor maneira de ser”. Zacky tem o patrocínio da Schecter Guitar Research desde 2004 e tem vários modelos S-1 customizados. Ele e Synyster Gates são parte integrante da lista de artistas patrocinados com material customizado no site da marca.

Johnny Christ

Johnny Christ:
Nascido com o nome de Jonathan Lewis Seward, em 18 de Novembro de 1984, ele toca baixo e faz backing vocals para a banda. Johnny usa piercings no nariz e orelhas. Ele tem um irmão mais velho e, atualmente, namora Lacey Franklin.
Frase épica: “Enquanto estou dirigindo, eu sou o motorista. Eu dirijo.”
Ele é o terceito baixista da Avenged Sevenfold. Antes dele, tocaram para a banda Dameon Ash e Justin Sane. Ele abandonou os estudos na Marina High School antes do último ano para acompanhar a banda. Seu primeiro álbum como integrante do A7X foi o segundo da banda; o “Waking the Fallen”.
A idéia do apelido veio do Zacky, que bolou o nome Johnny Christ. Ele disse que “soava meio rebelde e, com certeza, irritaria um monte de gente… Então todo mundo ia odiar!” Johnny aprendeu a tocar sozinho, nunca teve uma única aula de guitarra ou contrabaixo. Ele é o membro mais novo do A7X e também irmão mais novo de um antigo colega de escola de Synyster Gates e The Rev. No jardim de infância, The Rev costumava tirar muito sarro dele e os outros integrantes da banda muitas vezes se referem a ele como sua “puta”. Quem recrutou JoJo para a banda foi Matt, irmão mais novo do Zacky.

The Reverend



 The Rev:
Nascido James “Jimmy” Owen Sullivan, em 09 de fevereiro de 1981, é o baterista e também faz backing vocals para o A7X. The Rev usa piercings no lábio e nas orelhas. Ele é filho único e é noivo/casado com Leana Silver.
Frase épica: “Uma colher cheia de Jimmy colocaria o mundo abaixo! “
Jimmy ganhou sua primeira bateria completa aos 10 anos de idade. Ele freqüentou a escola católica junto com M.Shadows e foi expulso na segunda série (Você achava isso possível?). The Rev também foi expulso da Huntington Beach High School e depois de um reformatório. Resultado: acabou por desistir dos estudos. Ele é o mais velho da banda. Seu projeto paralelo, juntamente com Synyster Gates, está suspenso; uma vez que os dois decidiram se dedicar exclusivamente ao Avenged Sevenfold. Seu apelido, para a banda, é “Cabeça de Rato” (Rat Head). Antes do A7X, ele foi baterista da banda “Suburban Legends”, juntamente com o ex-baixista do Avenged, Justin Sane. Também tocou guitarra e fez os vocais na banda “Ballistico”.
Seu apelido “The Reverend Tholomew Plague” foi escolhido aleatoriamente e The Rev foi consagrado como a versão curta do nome. Ele ficou conhecido por utilizar roupas excêntricas – como kimonos coloridos, roupão de banho, shorts largos e meias fluorecentes – (no mínimo hilário!). The Rev canta e grita na maior parte das músicas do disco novo do A7X e escreveu algumas delas, incluindo: “A Little Piece of Heaven”, “Brompton Cocktail”, “Afterlife” e “Almost Easy”. Ele também canta em “Critical Acclaim”, “Scream” e “Lost”. Suas influências musicais incluem: Vinnie Paul, do Pantera; Dave Lambardo e Paul Bostaph, do Slayer e Mike Portnoy do Dream Theater.

3 comentários:

  1. A7x maravilhosoooooos! AAAAAAAA, Shadows s2

    ResponderExcluir
  2. Dedicou a postagem pra mim! A7x maravilhosos :]

    http://me-usescritos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir